segunda-feira, 27 de maio de 2013

27º capítulo: She'll be okay. - YRMFS


P.O.V's Miley

O resto do caminho foi eu falando com Mary sobre ela mandar o avião pra o Havaí e pra onde ela mandaria, pois não era tão simples assim.

Quando chegamos no hotel, eu logo subi para o quarto e Justin ficou lá embaixo resolvendo a hospedagem, o carro que ele havia alugado e ainda iríamos alugar outro pra nos levar no aeroporto. Coloquei todas nossas coisas nas malas e depois pedi pra os seguranças descerem com todas as bagagens. Eu estava tão preocupada! O que será que aconteceu com a Jasmine?

Fui no banheiro e joguei água no meu rosto, molhei um pouco meu pescoço e depois enxuguei. Saí do banheiro e coloquei em uma bolsa tudo o que eu precisaria: carteira que estava com meus documentos, dinheiro e cartão de crédito. Coloquei óculos pra mim e pra Justin, presilhas, rímel, batom, remédios pra dor de cabeça ou cólica e um espelho.

“Pode descer, só falta você. – JB”

Fiz o que dizia na mensagem e desci, logo estávamos no carro indo pra o aeroporto, que seria onde pegaríamos o jatinho.

- Você está bem? – Justin perguntou e beijou minha testa.
- Sim. – Menti.

Ele sabia que era mentira, porque me colocou no seu colo e me aninhou em seus braços. O caminho até o aeroporto foi tranquilo, o trânsito estava vago. Esperamos colocar todas as nossas coisas no jatinho pra depois entrarmos. Cumprimentamos o seguranças que nos ajudaram e depois entramos e nos sentamos. Justin me aninhou em seus braços, assim como havia feito no carro e ficou beijando todo meu rosto pra me acalmar. E ele estava conseguindo.

- Não se preocupa tanto, pode ter sido milhares de coisas. A Jasmine é forte. Pode ser uma besteira, meu amor. – Ele disse e colocou uma mecha do meu cabelo pra trás.
- O Alfredo jamais nos tiraria do Havaí se fosse besteira. – Falei e Justin assentiu. Nós nos beijamos e depois nos ajeitamos na poltrona pra dormir.

                                                          ***
Quando chegamos em Los Angeles, haviam seguranças nos esperando e nós logo fomos para a casa do Justin, que seria onde Alfredo nos explicaria tudo. Quando chegamos lá...

- Alfredo, me fala logo! Para de enrolar. – Falei me sentando na poltrona.

Odeio quando ficam enrolando pra contar algo, isso só piora as coisas.

- Eu estava pensando em como te contar isso de uma forma menos chocante, mas vamos lá... O Jinsu espancou a Jasmine e ela está no hospital cheia de marcas, com pontos e entrou em depressão. Satisfeita? – Ele disse e Justin o encarou.

Eu fiquei sem reação, eu estava chocada. Sabe quando parece que tudo para de fazer sentido e você consegue escutar sua respiração bem fraca e seu coração batendo bem rápido? Foi assim que eu me senti, até ver tudo embaçado e depois não enxergar mais nada.

P.O.V’s Justin

- Ela só entrou em choque, aconteceu a mesma coisa com a Selena. – Alfredo disse.
- Claro né, olha o jeito que você disse pra ela! – Gritei. – Otário.
- Eu estou de cabeça quente, não foi por querer. – Alfredo se explicou e sentou no sofá que tinha no meu quarto.

Fiquei em pé encarando Miley deitada na minha cama (eu havia levado ela ao meu quarto depois que ela desmaiou) e fiquei esperando ela acordar.

- A Jasmine tá péssima, cara. - Alfredo falou encarando o chão. - Eu sabia que eles brigavam muito, mas não sabia que ele agredia ela.
- Vai ficar tudo bem. Nós iremos cuidar da Jasmine e vamos pegar aquele filho da puta. - Falei e fiquei alisando o cabelo da Miley.

Ela abriu os olhos devagar e ficou me encarando.

- O que aconteceu? - Ela perguntou e tentou se levantar.
- Não, fica deitada um pouco... - Falei e coloquei o cabelo dela atrás da orelha. - Você desmaiou.
- Justin, eu não posso ficar deitada! - Ela reclamou e tentou se levantar mais uma vez, mas eu impedi.
- Você não só pode, como vai ficar. - Ordenei.
- Não, eu não vou! Você não manda em porra nenhuma aqui. - Ela gritou e eu arqueei as sobrancelhas.

Ela estava surtando.

- Ei, calma aí Miley. - Alfredo falou.
- A Jasmine precisa de mim, ok? - Ela suspirou. - E eu preciso vê-la. Então por favor, me deixem sair daqui.

Saí de perto dela, calado e sentei na poltrona.

- Ok, mas primeiro você tem que passar em casa. Fala com a Mary, ela está muito preocupada. - Alfredo disse e ela assentiu. - Eu vou pra o hospital agora. Passo o endereço por mensagem.

Ele beijou a testa dela e acenou com a cabeça pra mim.
Miley continuou sentada, encarando a porta e o quarto ficou um silêncio.

- Só vou tomar banho e nós iremos, ok? - Perguntei.
- Ok... Vou tomar banho também. E pegar minha mala que está no carro. - Ela respondeu.

Me levantei da poltrona e fui até o closet pegar uma toalha. Senti braços envolvendo minha cintura e me virei pra ver Miley com uma expressão muito fofa.

- Desculpe ter gritado com você. - Ela disse e fez bico para beija-la. Selei nossos lábios e depois ela saiu do closet e do quarto.

Quando acabei de tomar banho, Miley ainda estava pegando coisas na mala. Fui direto pra o closet e me vesti. Calcei supras, coloquei meu relógio e ajeitei meu cabelo. Miley já tinha ido tomar banho, então eu fiquei no twitter.

"@justinbieber: Oi pessoal, estou de volta a Los Angeles"

Respondi alguns fãs, segui outros, dei rts e depois saí. Fui ver as noticias sobre mim no meu site oficial e tinha algumas fotos minhas com a Miley, salvei algumas no meu celular e depois de um tempo, Miley saiu do banheiro já arrumada.

- Vamos? - Ela perguntou ficando em pé ao lado da cama.
- Primeiro vem cá. - Eu bati as mãos do meu lado na cama e ela sentou. - Não fica tão estressada... Ela vai ficar bem. O Jinsu vai se foder comigo e com os garotos. Se acalma, tá? - Falei e a beijei.
- Obrigada, baby. - Ela disse e me deu um selinho demorado. - Agora vamos.

Saímos de casa e fomos pra onde o Alfredo mandou.

P.O.V's Miley

Quando saímos do estacionamento, vários paparazzis vieram em cima de nós dois e ficaram empurrando, fazendo perguntas sobre a Jasmine, tiraram fotos.

XXX: Então quer dizer que é verdade que o Jinsu agrediu Jasmine Villegas? Miley, nos responda por favor.

Eu continuei andando  com a mão na frente do rosto. Justin vinha logo na minha frente, segurando minha mão e fazendo um "escudo".

XXX: Justin, deixe-nos falarmos com Miley. - Um paparazzi disse e colocou a câmera bem no meu rosto.
- Vá se foder. - Falei e bati na câmera dele. - Não encoste em mim. - Eu parei de andar.
XXX: Você acabou de bater na minha câmera, não acho isso certo.
- Você acabou de quase me machucar, também não acho isso certo. Você é nojento.
- Ei, não fale assim com ela. Você não tem porra de direito nenhum. - Justin disse e vários paparazzis vieram pra cima. Mas Justin me puxou e nós andamos rápido.

Entramos no hospital e Justin me puxou pra um corredor vazio.

- Eu sei que você tá sem cabeça agora, mas se acalma. Vão sair várias notícias de que Justin Bieber e Miley Cyrus brigaram com paparazzis. Tente não se importar com isso, foque na Jasmine. - Ele disse e eu respirei fundo pra não descontar minha raiva nele.
- Ok, Justin... Eu estou estressada e nem sei porque.
- Eu sei porquê e você sabe também. - Ele disse e me abraçou forte. - Agora se acalma ou nós iremos embora daqui.
- Claro que eu não vou embora daqui. - Falei rude.
- Se. Acalma. - Ele falou pausadamente e riu. - Você é muito cabeça dura! Eu quero te acalmar, pra você ficar bem com tudo isso... mas não dá!
- Desculpa. - Falei baixinho e fiquei encarando o chão. Justin segurou meu rosto com as duas mãos e beijou minha testa.
- Vamos lá. - Ele pegou minha mão e fomos andando pelo hospital, até chegarmos onde todos estavam.

Quando entramos na sala, todos nos encararam e Selena foi a primeira a se levantar e me abraçar bem forte. Zayn cumprimentou Justin e eles se afastaram pra falar com os outros.

- Eu juro a você que eu vou matar o Jinsu, Miley. - Selena disse chorosa.
- Ei, você não vai fazer nada. Se acalma, Sel... Ela vai ficar bem. Os machucados vão cicatrizar e nós iremos cuidar dela, até a tristeza passar. Ok? - Falei e Selena concordou forçando um sorriso.

Ela foi falar com Justin e eu falei com Demi, mas foi rápido.

Ficamos todos conversando baixinho na sala de espera, pois a hora de visitas ainda não havia começado.
A clínica que Jasmine está, é a mesma que Demi ficou e ela não estava confortável com isso.

- Demi, por que você não vai embora? - Perguntei. - Você não tá bem aqui, eu sei disso.
- Não importa... A Jas precisa de mim. - Ela disse. - Mas obrigada.
 Fiquei calada e voltei a conversar com Selena, mas dessa vez, incluindo Demi na nossa conversa.

                                                           ***
Pra quem não sabe, a Jasmine Villegas realmente foi espancada (e também abusada) pelo seu ex-namorado, Jinsu. Pra quem quiser saber mais sobre esse assunto, me chama no twitter e eu explico.
Quem quiser ver o clipe de Didn't Mean It, que contém umas cenas dela sendo agredida, é só clicar (aqui).

Bom gente, é isso! Comentem pra ter o resto :)
Sigam: @forjiley ou @vishtha

2 comentários:

  1. volta a postar, por favor - Dany

    ResponderExcluir
  2. posta mais thata, tava muito bom, continua

    ResponderExcluir